segunda-feira, maio 08, 2006

PILARES

- Ó Ti Anafrásio! Repita lá o que disse sobre aquela coisa dos pilares, que é para estas pessoas ouvirem...
- Pois! O quê dixe foi... bem... ê xou pastor nãn xou doitor, nãn gosto de me meter em plítica, mas cá na nha cabexa acho que... bem, os xenhores tão a ver ali aquela choupana?
- Sim, Ti Anafrásio, onde recolhe o gado?!
- Xim! A choupana tem aqueles pilares todos, com um telhado em xima, num é?
- Pois!
- Bem, qandêvêjo que hái pilares que nãn prestam e comexam àbanar vou lá e dou-lhes uma cachaporrada. Pimba!
- Pimba?!
- Xim! Pimba! Deitujabaixo! É logo! Pimba!
- Então e para que é que faz isso?
- Ócaxanão cai-me tudo em xima dajovelhas, home!
- Ah! Pois...
- Cachaporra! Pimba! E despois boto lá um pilar novo! Maxempre dolho pra ver xelexaguenta!
- Tá bem visto!
- Agora, o quêgostava mêmo era nãn prexijar da choupana e mailospilares e aquilo tudo...
- Pois é, Ti Anafrásio, mas ainda não inventaram nada melhor para os borregos!
-
Poijé! Tch...

8 comentários:

xavier ieri disse...

...e dizem-me vocemessês: "mas o quéqueste gajo quer dizer com isto?"
E eu respondo: Calmex! Esta entrada destina-se a intensificar os sabores do prato que se segue.

Ni disse...

... sei apenas que me deliciei com a 'forma', tão fiel à gíria oral.

E se este 'post'é a entrada, imagino os sabores e odores que aí vêm!
Têm coentros? Diz que sim!
Não vou perder!

Sabe sempre a vontade de mais, o que escreves. Com humor. O 'toque' imprescindível em qualquer pessoa. A única forma de 'se aguentar' este país, onde se 'tomam medidas' (tomam?) para tudo ficar pior.

Témanhã.

Ni

xavier ieri disse...

Olá Ni,
Obrigado pela visita e pelo "incentivo".
Não escrevo para ninguém em particular, mas é bom saber que há pessoas do lado de lá. É estimulante.
Este blog vem sendo visitado, pelo que se vê no contador de visitas.
Mas nem sempre as pessoas comentam.
Este ainda é um país de públicas virtudes e privados vícios (culturalmente falando, claro) e talvez por isso ainda há um certo "pudor" relativamente a um discurso mais duro ou mais musculado, mais "herético", mais vernaculizado.
Vai daí, há pessoas que visitam mas não comentam para não se "conspurcarem" (digo eu).
Mas averdade é que há um bom punhado de bons comentadores que aqui vêm regularmente deixar as suas postas de pescada, o que é óptimo, e a quem também agradeço a partilha!
E para quem já me conhece, verificará que não comento nos blogs com aquelas coisitas "oh! tão lindo!" e tretas do género (a menos que isso corresponda a uma verdadeira opinião ou emoção ou, porque não, provocação).
Espero aqui também comentários sem inibições, aliás, como os teus.
Obrigado também por isso.
Afinal, rir sozinho não tem piada.

maria disse...

Não sei o que porás o Ti'Anafrásio a contar-nos, mas esta mensagem passou. Como passam as outras. Mais sotaque, menos prosa...bem que te entendo.
Comicha-me o corpo...todo! Nesta suposta democracia, neste estado de direito em que quero desesperadamente continuar a seguir a música, mas onde me perdi na clave ... e acompanho cada vez menos a melodia.
Fico expectante com o depoimento do Ti'Anafrásio. Enquanto não lhe cortarem o pio ... sim ... porque dissimuladamente já lá chegámos, recusamo-nos a acreditar nisso, mas esta merda está toda minada, censurada, e há muito tempo que assim é!
E os mecanismos reguladores inexistem, disfuncionam, o que equivale a zero. Enfim....
Olha Xavier, vai-nos brindando com esse humor..por mim, gosto.
Mas não te esqueças da primavera! Nunca!!!
Bj
maria

vero disse...

Olá...
uma jocinha pa tu ;) ***

Apache disse...

Ai comê gustava me mandar umas boas cachaporradas nos pilares aqui da menha choupana... só quê axe queles tãn todos tãn podres, que só se conservam porque sãn os borregos que os amparem...

Libório disse...

XInhora, é o que eu digo tá aqui um escritor em bruto na tarda nada.

xavier ieri disse...

Ena pá!
Que bom ver a casa cheia de gente.

Maria, creio que a tua metáfora diz tudo: Mesmo com muita vontade de seguir a melodia, já se perdeu a clave e... não se vislumbra maestro capaz de operar a concertação dos músicos.

Vero, olá carinha laroca. Tens andado desaparecida. Espero que estejas bem. bjnh.

Apache, "sãn os borregos que os amparem..."! Nem mais! Verdadeiramente, são mesmo os borregos!

Libório, bem vindo.
Com que então "especialista em mulheres"? Curso profissional, licenciatura eventualmente com pós-graduação na Costa de Caparica, mestrado ou mesmo já doutoramento?
Tenho um amigo que se diz também especialista em mulheres. Mas ele faz batota. Limitou-se a comprar, e no mercado negro, um manual da série "how to".
Bem vindo a estas bandas.
Ah! e não custa nada por lá uns posts de vez em quando. O último é de Março. Não pode ser.