quarta-feira, julho 01, 2009

SONDAGEM

PORTUGUESES: POBRES MAS FELIZES!

Este, o resultado da sondagem há dias realizado.

Em boa hora!

É que já andávamos todos nós tristes, acabrunhados e sem perspectivas

O que poucos sabem é que José Sócrates, preocupado com os portugueses, ao ponto de perder o sono, decidiu decretar a felicidade, por decreto-lei do governo.

Ao que o excêntrico averiguou, o Almeida Santos, perante a ideia, sentenciou:
- Que grande idéia! Mas não será um gesto algo imodesto?

Como a conversa se passava junto da portaria, o porteiro decidiu intervir:
-Permite-me vossa excelência, mui hermoso e superior engenheiro de obras feitas. - é nestes termos que o pessoal deve dirigir-se a sua excelência o mui hermoso e superior engenheiro de obras feitas.

-Diga lá Gervásio - ordenou o mui hermoso e superior engenheiro de obras feitas.

- É que... bem... e que tal se vossa excelência, mui hermoso e superior engenheiro de obras feitas, em vez de decretar a felicidade dos portugueses... bem... se encomendasse uma sondagem que concluísse precisamente que os portugueses são felizes?

- Olha!... Não é mal lembrado! Apoiou o Almeida Santos.

- Ohh! Gervásio! Que ideia requintada! Exclamou sua excelência o mui hermoso e superior engenheiro de obras feitas.

E assim foi:

Em vez de decretar a felicidade dos portugueses,

José Sócrates decidiu encomendar uma sondagem

que concluísse que os portugueses,

sendo uns pobretanas sem presente e não se sabe com que futuro,

são, todavia e sem embargo, muito felizes!

4 comentários:

redonda disse...

:) e é óptimo ficar a saber que sou feliz

xavier ieri disse...

Exactamente!

Andava eu acabrunhado e afinal...
era feliz sem o saber!

A ignorância é uma coisa muntumá!

Das divergências e convergências disse...

Seremos mais infelizes com a MFL que tem um ar sombrio.

xavier ieri disse...

Sombrios são todos eles.
Sombrios e sinistros...