quarta-feira, janeiro 24, 2007

LEGISLAR MELHOR

Legislar melhor.
Têm alguma ideia?
Quer dizer: Um gajo lê isto e pensa "é pá, legislar melhor é do que precisamos, quer o inocente cidadão (o malvado também, já agora...) especialmente a malta que trabalha nas obras (judiciárias, claro está) e que dá o litro e o resto pela interpretação de certas normas (vá lá, vamos chamar-lhes assim...) que Deus me livre!!! e que foram feitas com instrumentos de precisão, ou seja, marretas de 12 Kg!!!".
É o cum gajo pensa!
E foi o que eu pensei quando li no Diário da República Electrónico o titulo-zinho "Programa Legislar Melhor"!
Vai daí, comecei a ler o texto-zinho por debaixo do título e que reza assim:

• O Diário da República é editado por via electrónica, mantendo-se a edição impressa da 1.ª série apenas para assinantes particulares que a subscrevam a custo real.
• O acesso universal e gratuito à edição electrónica do Diário da República é um serviço público, com possibilidade de impressão, arquivo e pesquisa dos actos publicados, sem restrições para o cidadão.
• Desde 15 de Setembro de 2006, o sítio da Internet do Diário da República passa a integrar o acesso às bases de dados do DIGESTO.
• É disponibilizado um serviço de assinaturas de informação de valor acrescentado, mediante pagamento, estando disponível para consulta a tabela de preços a vigorar em 2007.
• Os actos sujeitos a publicação nas 1.ª e 2.ª séries do Diário da República devem ser transmitidos por via electrónica e indicar, entre outros dados, o sumário do conteúdo do acto.


Se alguém tinha dúvidas, eis como legislar melhor!!!

E eu que pensava que legislar melhor era...
Não interessa. Não vamos agora falar da minha ingenuidade...

6 comentários:

isabel silvestre disse...

Venho aqui com regularidade.
Não tenho comentado, mas estranho que de repente ninguém comente.
Mas digo-lhe que legislar bem é coisa que não interessa fazer.
Senão, parte do trabalho contencioso jurídico desaparecia.
Portanto sou a favor de que se legisle cada vez pior.
É trabalho garantido.

Susie disse...

Ai estas coleguinhas...O trabalho é sempre garantido, podia era facilitar o conceito da justiça, se houvesse boa legislação...não concorda?

Apache disse...

"E eu que pensava que legislar melhor era...
Não interessa. Não vamos agora falar da minha ingenuidade..."

Nem da minha! Já não temos idade para a tornar pública... Eh, eh!

Cleopatra disse...

Se alguém tinha dúvidas, eis como legislar melhor!!!

xavier ieri disse...

Isabel, Susie, Apache e Cleópatra,
Que bom ver-vos por esta vossa casa.

Ó Apache, a verdade é que, ou da idade ou sinal dos tempos, cada vez mais vou descobrindo a minha 'ingenuidade' relativamente a certas 'coisas'.

Por outro lado, à medida que o tempo passa vou descobrindo que não vou tendo idade para deixar de ser ingénuo.
Afinal, hei-de acreditar em alguma coisa, não?

Apache disse...

Parece-me fundamental acreditar em alguma coisa, mas cada vez é mais difícil consegui-lo.